Bitcoin é Pirâmide Financeira?
24 de abril de 2021

Bitcoin é Pirâmide financeira? Saiba a verdade se as bitcoins são investimento ou não.

Por cursoronaldosilva

Bitcoin é pirâmide?

Praticamente todo mundo já ouviu falar em bitcoins, criptomoedas, ou simplesmente moedas digitais.

Mas ao mesmo tempo que todo mundo ouve, ou já ouviu falar do assunto, existe uma grande desconfiança.

Hoje em dia, os esquemas, golpes e pirâmides são cada vez mais comuns, por isso, acaba sendo até normal o receio e a confusão.

Por outro lado, logo de cara é possível afirmar com toda certeza: Não, as Bitcoins em si, não são um esquema de Pirâmide Financeira.

Neste artigo eu vou te explicar todos os motivos pelos quais não é possível afirmar que a Bitcoin é pirâmide financeira.

Vamos lá, mas antes é preciso entender o que são Bitcoins e Pirâmides (ou vice e versa)…

O que é e como funciona uma Pirâmide Financeira?

Imagem de Charles Ponzi, o criador do primeiro esquema de pirâmides financeiras, que era bem diferente das bitcoins
Charles Ponzi – Criador das Pirâmides Financeiras

Pode parecer bobagem, mas como a própria imagem das pirâmides do Egito, uma pirâmide financeira, possui um pequeno topo, sustentado por uma grande base.

No caso das pirâmides do Egito, uma grande quantidade de pedras sustenta o topo, já na questão financeira, algumas poucas pessoas ficam no topo (e ganham muita grana com isso) e são sustentadas por uma base de pessoas que acaba entrando no sistema.

Muitas vezes quem está na base da pirâmide financeira, nem sabe faz parte de um esquema, apenas é atraído por falsas promessas de ganhar dinheiro fácil.

Segundo o site Wikpédia, aparentemente toda essa história de pirâmide financeira começou com um homem chamado Charles Ponzi, que criou um esquema de importação de selos em 1910.

Já nessa época, as pessoas ganhavam muito dinheiro com o esquema e estimulavam novas pessoas a investir, que acabavam sendo atraídas para supostamente investir.

Abra sua conta na Coinext agora e ganhe R$ 10,00 para operar bitcoins.

Como se ganha dinheiro com Pirâmides financeiras?

Já na época de Charles Ponzi, o dinheiro investido pelos novos participantes era utilizado para pagar os lucros dos participantes mais antigos e, claro, a maior parte ficava com o criador do esquema.

Na pirâmide de Ponzi o resultado acabou sendo catastrófico, como costuma ser em toda pirâmide financeira.

Em um dado momento o sistema não se sustenta mais.

O dinheiro trazido pelos novos participantes, acaba nunca sendo suficiente para pagar os outros que fazem parte do esquema e a pirâmide entra em ruina.

No fim, quem está no topo acaba sumindo com grande parte do dinheiro.

O que é o crime de pirâmide?

No Brasil, desde 1951, a lei nº 1.521 disciplinou os crimes contra a economia popular, sendo que o artigo segundo da referida lei a prática de pirâmide financeira está enquadrada como crime.

A pena para esse tipo de crime pode ser de até dois de detenção.

Parece pouco para o desastre que esse tipo de crime pode causar na vida das pessoas.

Talvez por isso, a prática desse tipo de crime é cada vez mais comum no Brasil.

Abra sua conta na Coinext agora e ganhe R$ 10,00 para operar bitcoins.

Mas então, como funciona a pirâmide Bitcoin? Ou, por qual razão não é possível afirmar que Bitcoin é pirâmide?

A grande confusão com a Criptomoeda mais conhecida de todas (Bitcoin) e os esquemas de Pirâmide Financeira, se deve ao fato de alguns criminosos terem usado o nome desse ativo para praticar golpes.

Daí vem a má fama.

Mas não há como definir que a Bitcoin é pirâmide financeira, explicarei o motivo:

  • Bitcoin possui escassez, o que quer dizer que há um limite da quantidade dessa moeda que é condicionado por um algoritmo (formula computacional);
  • Totalmente digital, a Bitcoin funciona totalmente no ambiente digital, e transparente, no qual, qualquer um pode obter algumas informações (mas não todas) sobre as transações feitas pela Criptomoeda;
  • Descentralização: Não existe um banco, ou uma instituição financeira que controle a emissão ou as transferências realizadas por Bitcoins;
  • Código aberto (open source): O fato da Bitcoin ter sido criada pelo sistema de código aberto, permite que qualquer pessoa com conhecimentos em programação, possa ter acesso ao código e com isso, até mesmo criar outras criptomoedas;
  • Transações irreversíveis: Isso significa que uma vez que uma operação é feita com Bitcoin, essa transação não pode ser revertida ou estornada, como é comum ocorrer nos bancos;

Perceba, que a Bitcoin em si, não tem qualquer relação com os esquemas de pirâmide mencionados no texto

Trata-se de uma meio de pagamento que dá muita liberdade para o utiliza.

Abra sua conta na Coinext agora e ganhe R$ 10,00 para operar bitcoins.

Agora sabemos se Bitcoin é Pirâmide ou não, resta saber: Bitcoin é seguro ou Bitcoin é furada?

Imagem de uma pilha imaginária de moedas que representam a bitcoin, o que dá a entender que existe muita lucratividade nas bitcoins
Lucratividade do Bitcoin

Pode ter certeza que as operações com Bitcoins estão entre as operações mais seguras do mundo.

A Bitcoin tem seu diferencial porque realmente não possui qualquer coisa que se aproxime de um dono, um CEO ou um detentor dessa moeda.

Ninguém exerce o controle dessa moeda; toda sua movimentação é comandada pela própria comunidade usuária, independente da quantidade que cada membro dessa comunidade tenha.

Sua valorização já ultrapassa algumas pedras preciosas e atualmente encontra-se no ranking como a 8ª maior moeda do mundo.

Liberdade de negociação, segurança garantida por um sistema chamado de blockchain e sua constante valorização, mesmo em tempos de crise, são características que fazem dessa moeda um diferencial.

Outras vantagens da negociação de criptomoedas é possível ver nesse artigo aqui.

Abra sua conta na Coinext agora e ganhe R$ 10,00 para operar bitcoins.

Bitcoin é legal no Brasil?

similar àqueles utilizados por juízes, o que demonstra como pode ser a legalização de criptomoedas no Brasil.
Crypto regulation law. Ban cryptocurrency.

Apesar da recente popularização e de muitas pessoas ainda não conhecerem o mercado de criptomoedas, a Receita Federal já prevê tributação sobre essas moedas virtuais desde o ano de 2014.

A forte movimentação e influência direta na economia tradicional são umas das razões para a necessidade de regulamentação para utilização de criptomoedas no Brasil.

Todavia, moedas virtuais tem como principal razão e objetivos sua descentralização.

Isto é, são universais e não pertencem a um sistema específico, o que fogem completamente da forma tradicional como o dinheiro é controlado em basicamente todas as nações do mundo.

Os obstáculos

Em 2017, um episódio envolvendo vazamento de dados por hackers despertou a atenção do mundo inteiro para a regulamentação da utilização de criptomoedas, sobretudo no Brasil.

À época, foi instaurada uma comissão especial para analisar um projeto de lei, a pedido do Presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, cuja finalidade era a normatização das moedas virtuais e também das milhas aéreas.

Nada foi definido desde então, mas a matéria tem ganhado maior espaço nas casas legislativas.

A legislação tributária, no entanto, é bastante complexa. Existem regras específicas para diferentes tributos nos Estados e Municípios, além da União – com abrangência em todo território nacional.

Ainda, o mercado apresenta uma carência de uma definição sobre o que seriam, de fato, moedas eletrônicas.

O próprio conceito do que seria Bitcoin já é um grande desafio e o que se sabe sobre cirptomoedas não se enquadra nas terminologias já existentes nos textos legais nacionais.

Suas definições entrariam em confronto com o que já está regulamentado, não havendo unanimidade da atividade e do objetivo das moedas virtuais.

Sendo assim, também passa a ser muito difícil enquadrar essa atividade numa legislação pré existente que regula o mercado financeiro dentro da abordagem tradicional.

Abra sua conta na Coinext agora e ganhe R$ 10,00 para operar bitcoins.

Conclusão, Bitcoin vale a pena?

É possível afirmar com toda certeza que Bitcoin não é pirâmide, mas trata-se de uma moeda virtual, bastante segura, que possui variações de valor de mercado, o que permite que investidores ganhem muito dinheiro com esse tipo de ativo.

Além de ganhar dinheiro com a variação da moeda, cada vez mais pessoas acaba tendo bons lucros com a mineração de Bitcoins.

Abra sua conta na Coinext agora e ganhe R$ 10,00 para operar bitcoins.